Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

enquanto-jo-nao-chega
No comando: Enquanto o Jô não chega

Das 14:00 as 15:00

conexao-vida-plena-2
No comando: Conexão vida plena

Das 19:00 as 19:45

paulada-na-velha-com-deejay-wallace
No comando: Paulada na Velha

Das 20:00 as 20:40

tracklistdjleyva
No comando: Tracklist

Das 20:00 as 21:00

unnamed
No comando: Blá Blá Blá

Das 17:00 as 18:30

toca-do-tatu
No comando: Toca do Tatu

Das 19:00 as 20:00

Saiba quando suspeitar de câncer de endométrio e como preveni-lo

Compartilhe:
cancer-de-endometrio

FONTE: R7

A oncologista Michelle Samora, do Centro de Oncologia do Hospital 9 de Julho, tira as dúvidas sobre a doença, que costuma estar relacionada ao estrógeno

O que é o endométrio? Qual seu papel no organismo? O endométrio é a membrana que reveste a parede interna do útero e 95% dos cânceres de útero têm origem no endométrio. Em mulheres em fase reprodutiva, o endométrio sofre alterações ao longo do ciclo menstrual, permitindo, caso ocorra a gravidez, o alojamento do embrião e a formação da placenta, que proporcionará, ao longo de toda a gestação, elementos essenciais ao desenvolvimento do bebê. Caso não ocorra a gestação, o endométrio descama, dando início à menstruação

O câncer de endométrio está relacionado à alteração hormonal? Cerca de 80% dos tumores de endométrio, conhecidos como carcinomas endometrióides, estão relacionado ao hiperestrogenismo. O estrógeno é o hormônio sexual feminino produzido principalmente nos ovários

A partir de qual idade o câncer de endométrio é mais comum? A idade de surgimento da doença é em geral aos 60 anos e apenas 5% dos cânceres de endométrio são diagnosticados abaixo dos 40 anos

Qual o principal sintoma do câncer do endométrio? Como saber se o sangramento não é menstruação? O desenvolvimento do câncer causa, em 90% das pacientes, sangramento vaginal. Dor na pelve está presente em uma pequena parcela das pacientes, cerca de 3%, e está relacionada com fases mais avançadas da doença. Por se tratar de um tumor de mulheres pós-menopausadas, não se espera mais menstruação nesta faixa etária. A menopausa fisiológica ocorre, em geral, aos 52 anos

Como prevenir o câncer do endométrio? Evitar a obesidade; caso esteja pensando em realizar terapia de reposição hormonal, discuta os prós e contras com seu médico; mantenha acompanhamento de rotina com seu ginecologista; saiba que alguns tumores de endométrio se originam de condições específicas, como a hiperplasia endometrial; fique atenta à sua história familiar oncológica. Caso haja o diagnóstico de Síndrome de Lynch em sua família, a retirada do útero pode ser indicada em um momento oportuno

Mulheres que fizeram tratamento de fertilização in vitro têm mais chance de desenvolver esse tipo de câncer? A infertilidade é, por si só, um fator de risco para o desenvolvimento de câncer de endométrio. Os métodos para tratamento de infertilidade, por sua vez, aumentam as concentrações de estrógeno no corpo feminino por um curto período de tempo. Apesar do uso de algumas dessas medicações terem sido correlacionadas com o desenvolvimento de câncer de endométrio em 2005, novos e mais recentes estudos apontam para um efeito não-deletério dessas medicações no desenvolvimento do câncer de endométrio. É possível que esse risco aumentado tenha correlação com a própria infertilidade e os fatores a ela ligados, como obesidade

Câncer de endométrio tem cura? A maioria das mulheres é diagnosticada com o câncer de endométrio em fases iniciais, com 85% das pacientes diagnosticadas em estágio I ou II. No entanto, existe uma discrepância entre mulheres brancas e negras, sendo que as mulheres negras apresentam tumores mais avançados aos diagnósticos e pouco diferenciados. O tratamento nesta fase da doença, em geral, envolve a retirada cirúrgica do útero e anexos (ovário, tuba uterina). Hoje já sabemos que a cirurgia minimamente invasiva por videolaparoscopia ou robótica é segura e com excelentes resultados oncológicos. A sobrevida em 5 anos no câncer de endométrio localizado é superior a 80%

Quem teve câncer de mama pode desenvolver câncer de endométrio?Existe uma rara síndrome genética que acomete 1 em cada 200 mil pessoas e envolve o desenvolvimento de câncer de endométrio e mama, assim como de lesões benignas de pele. Trata-se da Síndrome de Cowden, uma alteração no gene PTEN. O risco de desenvolver câncer de mama ao longo da vida é de 25 a 50% e, de câncer de endométrio, de 13 a 19%. Nesta síndrome, outros tumores podem ocorrer como o câncer de rim, melanoma e gástrico. O uso de algumas medicações, utilizada no tratamento de alguns tumores de mama, também predispõe ao desenvolvimento do câncer de endométrio

VEJA TAMBÉM:

VIDA EQUILIBRADA

SEGREDO DA BOA FORMA

COMO SE ALIMENTAR DE FORMA SAUDAVEL

 


Bebidas naturais para a sua saúde: sucos frescos & smoothies (eGuide Nature Livro 0)

Deixe seu comentário: