Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

no-fino
No comando: No Fino

Das 14:00 as 15:00

unnamed
No comando: Blá Blá Blá

Das 14:00 as 15:30

conexao-vida-plena-2
No comando: Conexão vida plena

Das 19:00 as 19:45

paulada-na-velha-com-deejay-wallace
No comando: Paulada na Velha

Das 20:00 as 20:40

toca-do-tatu
No comando: Toca do Tatu

Das 19:00 as 20:00

Policial de folga mata suspeito durante assalto a farmácia

Compartilhe:
policia-mata-assaltante-em-farmacia

FONTE: R7

Dois homens armados invadiram o estabelecimento, no Guarujá, e ameaçaram clientes. Um deles morreu no local, o outro conseguiu fugir

Um policial militar de folga reagiu a um assalto e baleou jovem de 18 anos, neste domingo (13), em uma farmácia, na região da Praia da Enseada, em Guarujá, litoral de São Paulo.

O rapaz, identificado como Marcelo Moraes da Silva, foi atingido por dois disparos e caiu entre as prateleiras. Ele foi socorrido, mas acabou morrendo no Hospital Santo Amaro. Outro envolvido no assalto acabou fugindo com o dinheiro do caixa. Até o fim da tarde, ele não tinha sido preso.

As câmeras de vigilância da farmácia gravaram o assalto e a ação do policial, que estava sem farda.

As imagens mostram o assaltante com uma arma na mão, ameaçando os clientes, enquanto outro homem recolhe o dinheiro dos caixas.

Algumas pessoas se deitam no chão, quando o policial faz os disparos. Em seguida, ele corre até o suspeito caído e apanha sua arma.

Houve pânico e gritaria entre as pessoas que estavam no local.

A imagem da câmera ainda mostra o outro suspeito correndo para fora do estabelecimento. Conforme a polícia, nenhum funcionário ou cliente ficou ferido.

A arma do policial foi recolhida para perícia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Outro casoNo sábado (12), uma policial feminina reagiu a uma tentativa de assalto e matou o suspeito em frente à escola da filha, em Suzano, na Região Metropolitana de São Paulo.

Clique aqui para ver o vídeo

A cabo da Polícia Militar Kátia da Silva Sastre, de 42 anos, tinha ido à escola onde a filha estuda para participar de uma solenidade do Dia das Mães. O suspeito, de 21 anos, apontava a arma para outras mães com crianças, quando a policial o baleou. Ele foi levado a um hospital, mas não resistiu.


Diálogos em psicologia social

Deixe seu comentário: